Apreensões madeira e garimpo Alta Floresta madeira ilegal e do garimpo clandestino em Nova Canaã do Norte. Foto: Assessoria/SEMA-MT

Apreensões madeira e garimpo Alta Floresta madeira ilegal e do garimpo clandestino em Nova Canaã do Norte. Foto: Assessoria/SEMA-MT

Rose Domingues/SEMA-MT

A unidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) de Alta Floresta (802 km ao norte de Cuiabá) fez duas apreensões nesta terça-feira (21) no município de Nova Canaã do Norte (698 km da capital e 100 km de Alta Floresta). Uma delas se refere a um garimpo clandestino que estava em funcionamento em uma fazenda a 10 km da sede municipal, onde quatro pessoas que trabalhavam no local foram presas em flagrante durante a fiscalização realizada em conjunto com a Polícia Civil.

Foram apreendidos vários equipamentos usados para a extração de ouro, entre eles, uma retroescavadeira hidráulica e dois motores estacionários de duas dragas (que incluíam o conjunto de bomba d’água para sucção do material do solo). A multa aplicada totalizou R$ 300 mil por atuar sem licença de operação. Já outra fiscalização apreendeu 600 lascas e 98 mourões da madeira itaúba sem documentação de comprovação de origem, o equivalente a 2 carretas de madeira que seria utilizada na construção de cercas. O proprietário da fazenda foi multado em R$ 10,6 mil. A madeira está depositada no pátio da Secretaria Municipal de Obras e posteriormente será doada para a prefeitura.

Conforme o diretor da unidade de Alta Floresta, Vinicius Rezek, ambas fiscalizações são decorrentes de denúncias à Sema, o que demonstra a confiança da população no trabalho da instituição, além do avanço na conscientização quanto a prática de crimes ambientais. Apesar do flagrante de garimpo ilegal, esta não é uma prática comum na região, ou seja, foi mais um fato isolado. Os quatro trabalhadores presos foram liberados no mesmo dia, mas responderão criminalmente pela atividade garimpeira clandestina, segundo os artigos 55 e 60, da Lei de Crimes Ambientais. Já os maquinários estão em um depósito da Prefeitura Municipal.

Fortalecimento regional

Desde o dia 2 de julho Alta Floresta é o município piloto no fortalecimento regional das atividades da Sema em Mato Grosso. Além de atuar no licenciamento e fiscalização, os seus técnicos da regional também estão realizando análise de projetos de manejo florestal, atendendo um total de oito municípios da região. A proposta é melhorar a prestação de serviço ao usuário, oferecendo mais agilidade, transparência e facilitando a vida de quem mora no interior de Mato Grosso.