Assinatura: governadores e prefeitos prestigiam a solenidade. Foto: Martim Garcia/MMA.

Assinatura: governadores e prefeitos prestigiam a solenidade. Foto: Martim Garcia/MMA.

Distrito Federal e Goiás criam consórcio para cuidar do manejo do lixo e das águas pluviais

Redação Ecopensar.com

Foi criado nesta quinta-feira (11/07) o Consórcio Público de Manejo de Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e de Goiás (Corsap). Os governos de Goiás e do Distrito Federal assinaram o primeiro acordo entre governos locais para elaborar um plano regional de gestão de resíduos sólidos.

O consórcio tem por objetivo promover a gestão ambientalmente adequada dos resíduos sólidos na região, viabilizando a coleta seletiva, a reciclagem e a destinação final dos resíduos não reciclados. “É um momento histórico em que os governos se dão as mãos em busca de soluções concretas e objetivas de problemas como os resíduos” destacou Marcone Perillo, governador de Goiás. ”Quero agradecer à ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, pelo apoio direto do ministério a modelagem e estruturação do nosso consórcio na sua política e apoio de regionalização para a gestão associada dos resíduos, além da gestão de recursos hídricos”, acrescentou Agnelo Queiroz, governador do Distrito Federal.

A lei federal, em vigor desde 2010, determina que as cidades apresentem planos de gestão de resíduos sólidos para receber recursos do governo federal. “A partir de agora, a prioridade dos entes envolvidos será definir o Plano Regional de Resíduos Sólidos e erradicar os vários lixões e locais de despejo clandestino da região”, afirmou o superintendente de Resíduos Sólidos da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), Marcos Helano Fernandes Montenegro. Serão implantados três aterros (Samambaia, Luziânia e Formosa), em condições de atender ao Distrito Federal e a 20 municípios goianos. Com informações: MMA.