Por Vitor Vieira e Renata Vanz/Arquitetura Sustentável

Em uma região rural em Aurland, na Noruega, surge uma ideia inovadora para a área hoteleira e vantajosa para os apreciadores da natureza. Nasce ali o primeiro experimento de hotel paisagístico (uma tradução literal de “landscape hotel”). A ideia consiste em fazer quartos de hotel em meio a natureza, fazendo com que o hóspede possa experimentar toda plenitude da beleza natural que o local pode proporcionar.

A obra não foi realizada nesta área, porém a ideia foi aproveitada para a realização de um novo projeto em Gudbrandsjuvet, também na Noruega.

O primeiro hotel paisagístico da Europa está localizado em uma chácara da Fazenda Burtiarden em Alstad, em um local de encontro natural entre bétulas, choupo, pinho, um rio pitoresco e pedras milenares. Nesse pequeno vilarejo, a arquitetura contemporânea encontra a paisagem natural e cultural do lugar – e mostra que o design moderno e inovador podem dialogar perfeitamente com os edifícios tradicionais e o trabalho artesanal à moda antiga do local.

O Juvet Landscape Hotel, projetado pelos arquitetos Jensen & Skodvin (JSA), tem sete quartos individuais misturados com o ambiente natural que foram projetados com interiores escuros para evitar que a atenção seja desfocada do cenário natural. Cada quarto é, basicamente, uma pequena e independente casa destacada com uma ou duas paredes de vidro, voltadas para uma paisagem belíssima e variada. Sua topografia permite um layout onde nenhum quarto veja o outro, proporcionando a todos uma vista particular do ambiente que sempre está em mudança de acordo com o tempo, hora, dia e estação do ano.

Os quartos possuem uma cama confortável, um pequeno sofá, chuveiro e um banheiro, mostrando que não precisa de muito para ter uma sensação de bem-estar.

Os dois novos quartos construídos – ou “casa de pássaro” – são projetados com estilo arquitetônico mais minimalista que os primeiros quartos, construídos como “Stabburet”, uma tradicional casa norueguesa originalmente usada para estocar alimentos.

O hotel também conta com um spa diurno que foi construído em um estilo similar ao das cabines, onde os hóspedes podem aproveitar os tratamentos tradicionais nórdicos. A área local também é uma atração popular para diversas atividades ao ar livre como esquiar, pescar, caminhar, entre outras.