Por Diego Denck/Mega Curioso

 

Quando Plutão foi rebaixado a planeta-anão, muita gente se solidarizou com o astro, que ficaria “sozinho” no Sistema Solar. Só que isso não é bem verdade: atualmente, ele tem outros 4 “irmãos”, chamados de Ceres, Eris, Haumea e Makemake. Essa lista acaba de ficar maior, com um novo planeta-anão identificado em nosso Sistema.

Com um diâmetro estimado em 530 km, o novo astro tem cerca da metade de tamanho de Plutão e leva 1,1 mil anos para completar uma volta em torno do Sol. Por enquanto, ele é conhecido como 2014 UZ224, mas deve ganhar um nome mais bonitinho em breve.

E as descobertas não devem parar por aí: astrônomos estimam a existência de pelo menos mais 100 objetos que poderiam ser considerados planetas-anões orbitando na região do Cinturão de Kuiper, ou seja, pra lá de Netuno! Para isso, o objeto celeste precisa ter pelo menos 400 km de diâmetro.

Esses astros se assemelham a um planeta, mas não chegam a ser um “de verdade”. Entretanto, o formato redondo é necessário para eles serem chamados de planetas-anões, mas essa classificação ainda é recente. Outro objeto encontrado em julho deste ano também parece preencher os requisitos de se tornar um planeta-anão, mas o martelo só será batido pela União Astronômica Internacional, já que o processo pode ser muito subjetivo.

ecopensar-foto-planetas-plutao-2

“Olá! Você veio me visitar?”

About The Author

Noticiar o pensamento ecológico! Trazendo até vocês notícias e ideias que fazem a diferença para o meio ambiente e para a humanidade.

Related Posts