Redação Ciclovivo
O jogo criado pelo PETA busca lutar, literalmente, contra o uso de animais como cobaias. - Foto: Divulgação

O jogo criado pelo PETA busca lutar, literalmente, contra o uso de animais como cobaias. – Foto: Divulgação

A PETA, organização internacional de defesa aos animais, criou um jogo que busca combater de forma interativa e divertida o abuso de animais em experimentos laboratoriais. Além de lutar contra os maus-tratos, os internautas também podem participar de uma petição on-line.

A inspiração para o jogo foi um fato ocorrido na universidade norte-americana de Wisconsin-Madison. De acordo com a organização, pesquisadores da instituição de ensino utilizaram gatos como cobaias em seus estudos e muitos destes animais foram terrivelmente torturados e mortos.

Devido às experiências, os gatos tiveram bobinas de aço implantadas em seus olhos e o crânio perfurado para o implante de eletrodos em seus cérebros. Em alguns casos, eles tiveram as orelhas cortadas ou foram, intencionalmente, ensurdecidos através do uso de algum produto químico.

O jogo criado pelo PETA busca lutar, literalmente, contra o uso de animais como cobaias. Através de personagens criados a partir da figura de três lutadores profissionais de MMA, Jake Shields, Aaron Simpson e Georgi Karakhanyan, os internautas acessam as salas de experimentos e lutam com os pesquisadores.

O sangue espalhado pelo laboratório, os animais presos em gaiolas e a faca na mão do pesquisador denunciam o sofrimento. Até que os lutadores chegam e, como heróis, destroem os cientistas para libertar os animais. No fim da página está disponível um espaço para que os participantes enviem cartas cobrando o fim do uso de animais em experimentos científicos.

Jogue abaixo: