Cerimônia de inauguração das placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

Cerimônia de inauguração das placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

Redação Greenpeace

“O Sol nasceu para todos. Também quero aproveitar.” Criados há setenta anos, os versos de Noel Rosa nunca foram tão atuais. Nesta terça-feira, cerca de vinte jovens do Morro dos Macacos, em Vila Isabel – berço do sambista carioca –, celebram o fruto de dois meses de trabalho com o Greenpeace: a partir de agora, a comunidade vai usar a luz do sol para gerar energia elétrica.

A inauguração dos painéis solares no Centro Comunitário Lídia dos Santos (Ceaca-Vila) é resultado do projeto Juventude Solar. Em encontros semanais, voluntários do Greenpeace mobilizaram jovens moradores para ensinar como gerar energia elétrica a partir do sol.

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

As reuniões, porém, foram além da parte técnica: “Foi muito importante participar do projeto. Antes, eu não entendia nada sobre consumo de energia, e agora sei de que forma posso gerar energia limpa e contribuir para um mundo mais sustentável”, diz, animada, Joyce Moreira Barbosa, que mora no local.

Com os vinte painéis fotovoltáicos instalados no telhado do Ceaca-Vila, os cursos de dança, inglês, computação e outros oferecidos pelo centro comunitário vão funcionar com geração de energia limpa. Mas também barata: estima-se que a geração local de energia – que está começando a ser regularizada no Morro dos Macacos – possa reduzir a conta de luz do Ceaca em até 60%.

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

Isso é possível devido à recente resolução normativa 482/2012, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com ela, o Ceaca-Vila poderá injetar na rede elétrica pública a energia excedente produzida ali. E com isso, receber uma compensação, em kWh, da distribuidora de energia.

A coordenadora do Juventude Solar, Vânia Stolze, indica ainda outros ganhos do projeto: “Conseguimos despertar nos jovens o interesse por uma nova tecnologia, e tenho certeza que eles entrarão no mercado de trabalho com um diferencial”, celebrou.

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

Ricardo Baitelo, que está à frente da campanha de Clima e Energia do Greenpeace, também comemora o exemplo que a comunidade de Vila Isabel está passando para o resto do país. “O Brasil precisa cada vez mais de energia para continuar crescendo, e é importante que ela venha de fontes limpas se queremos evitar as consequências das mudanças climáticas”, afirmou. “Trabalhar com jovens é fundamental, é com educação que conseguiremos fazer com que o meio ambiente seja preservado, já que são eles que terão que dar continuidade a esse trabalho no futuro.”

A inauguração dos painéis solares aconteceu na quadra do Ceaca, com a presença dos jovens, dos voluntários e dos coordenadores do projeto. Após a cerimônia, os times Juventude Solar e Bola pra Frente se enfrentaram numa partida de futebol, que foi finalizada com apresentações musicais.

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

“É com imensa alegria que inauguramos a energia sola. Quando cheguei em Vila Isabel não tínhamos nem água, nem luz, e ter energia renovável hoje no Centro Comunitário parece um sonho”, disse Dona Anna, presidente do Ceaca.

Quer saber mais sobre o Projeto? Acesse: www.greenpeace.org.br/juventudesolar

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)

placas solares instaladas no Centro Comunitário Lídia dos Santos no Morro dos Macacos/RJ (©Otávio Almeida/Greenpeace)