O valor arrecadado é um recorde quando o assunto é leilão voltado para o meio ambiente Foto: danzden

O valor arrecadado é um recorde quando o assunto é leilão voltado para o meio ambiente
Foto: danzden

Redação Ecodesenvolvimento

“Por favor, façam ofertas como se o destino do planeta dependesse de nós”, apelou o ator norte-americano Leonardo DiCaprio durante leilão em prol do meio ambiente e de espécies em risco de extinção. O evento foi realizado na segunda-feira, 13 de maio, na sede da Casa Christie’s de Nova York, e arrecadou US$ 38 milhões – cerca de R$ 72 milhões.

O leilão, que apresentou obras de arte contemporânea, arrematou US$ 33,3 milhões na venda de 33 peças – um recorde para um evento como este, destinado à defesa do meio ambiente. Este valor vai para a Fundação Leonardo DiCaprio. Cerca de US$ 5 milhões foram doados por uma pessoa não identificada e US$ 500 mil vieram de contribuições de outros participantes. Os valores serão destinados a proteção dos tigres.

Segundo DiCaprio, o valor arrecadado vai diretamente para apoiar projetos inovadores de conservação da terra e dos oceanos. “Estamos enfrentando um momento crítico de uma crise ambiental sem precedentes na história do homem”, destacou o ator à France Presse.
Um retrato do ator, feito em 2013 pela americana Elizabeth Peyton, foi leiloado por US$ 1,05 milhão. Os organizadores afirmaram que o valor está muito acima da estimativa, que varia entre US$ 400 mil e US$ 600 mil. E você, qual é a sua opinião sobre iniciativas como esta?