Além de ser uma maneira de convencer os foliões a urinarem nos lugares adequados, o projeto vai gerar energia limpa para o bloco passar. | Foto: Reprodução/AfroReggae

Além de ser uma maneira de convencer os foliões a urinarem nos lugares adequados, o projeto vai gerar energia limpa para o bloco passar. | Foto: Reprodução/AfroReggae

Redação CicloVivo

O projeto “Xixi Elétrico” vai incentivar os foliões do carnaval carioca a usarem um mictório especial, que aproveita a urina para gerar energia. O mecanismo, inspirado nas usinas hidrelétricas, vai ajudar a abastecer o desfile do bloco AfroReggae.

Embora a notícia possa soar estranha para muitas pessoas, o projeto “Xixi Elétrico” é uma forma sustentável de convencer os foliões a urinarem nos locais adequados. A iniciativa também é um meio inovador de geração de energia limpa. “A eletricidade gerada pelo xixi pode ser aplicada para qualquer outro fim”, conta Lucas Tristão, um dos idealizadores do projeto.

O mictório será instalado no dia nove de fevereiro, no posto 9 da orla da praia de Ipanema. Para gerar energia, o equipamento aproveitará o fluxo da urina dos foliões, que vai mover um dínamo instalado no mecanismo. Em seguida, a força será armazenada em uma bateria que abastecerá parcialmente o trio durante o desfile.

“A eletricidade produzida pela urina vai ser responsável por um acréscimo na diversão. Ou seja, festa extra para os foliões. Por isso, quanto menos xixi na rua, mais a festa continua”, explica Tristão, animado com o projeto.

A ação é uma forma criativa de coibir os foliões que utilizam as ruas da cidade como banheiro.  No ano passado, as autoridades passaram a deter as pessoas que foram flagradas fazendo xixi em lugares inadequados. Além disso, a prefeitura do Rio de Janeiro realizou uma campanha para orientar os foliões a não urinarem nas vias públicas.

“A gente quer, através de uma ideia divertida, abrir os olhos do grande público para a importância de não fazer xixi na rua. Quem sabe, se a coisa der certo, no ano que vem a gente não tem muito mais mictórios?”, finaliza o idealizador do projeto.

Além de ser uma maneira de convencer os foliões a urinarem nos lugares adequados, o projeto vai gerar energia limpa para o bloco passar. | Foto: Reprodução/AfroReggae

Além de ser uma maneira de convencer os foliões a urinarem nos lugares adequados, o projeto vai gerar energia limpa para o bloco passar. | Foto: Reprodução/AfroReggae

About The Author

Noticiar o pensamento ecológico! Trazendo até vocês notícias e ideias que fazem a diferença para o meio ambiente e para a humanidade.

Related Posts