testes-em-macacos_proibido

Bolsista do Ciência sem Fronteiras conclui pesquisa sobre testes alternativos ao uso de animais

Por Comunicação CNPq

A bolsista do programa Ciência sem Fronteiras, Vanessa de Moura Sá Rocha, acaba de concluir seus estudos de pós-doutorado na conceituada universidade americana Johns Hopkins, em Baltimore. Vanessa realizou pesquisa inovadora sobre uma estratégia integrada de testes alternativos ao uso de animais para avaliação de risco em cosméticos.

O objetivo do estudo é substituir o uso de animais em testes alergênicos de produtos químicos, desenvolvendo uma pesquisa sobre novas estratégias de integrar diferentes resultados de modelos in vitro para avaliação de risco de novos ingredientes.

A pesquisadora ressalta que testes em animais é um assunto de interesse social e os testes alternativos representam uma grande oportunidade de mudança de paradigma. “A parceria entre a Natura e o CNPq, permitiu que eu me aprofundasse ainda mais neste tema de tamanha relevância para as empresas cosméticas e alta complexidade técnico-científica”.

Para Vanessa estudar no Johns Hopkins, instituição número um em saúde pública no mundo, foi de grande importância para sua carreira: “Sou uma pesquisadora mais preparada e qualificada depois desta vivência, e expandi minha visão de mundo. Meu desejo é contribuir de forma ainda mais relevante para a evolução das pesquisas neste tema no Brasil”. “Um pesquisador que tem a oportunidade de viver a ciência em países onde a mesma é pujante como os EUA, Alemanha e outros, terá sua vida mudada para sempre e com certeza poderá contribuir muito mais para sociedade brasileira”, completa Vanessa.

Atualmente, Vanessa é cientista da área de Segurança de Produtos e desenvolve novos projetos em parceria com Universidades, Institutos de pesquisa ou empresas Nacionais ou Internacionais na busca de novas tecnologias na área de métodos alternativos ao uso de animais para avaliação de segurança.

Vanessa possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Uberlândia, mestrado em Patologia Experimental e Comparada pela Universidade de São Paulo e doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo. Foi sócia fundadora da empresa Ciallyx Laboratórios e Consultoria, onde coordenou e implementou por três anos diferentes estudos pré-clínicos de eficácia e segurança para o desenvolvimento de novos medicamentos. Em 2007 iniciou seu trabalho na empresa Natura Inovação, parceira do programa Ciência sem Fronteiras, onde coordenou por dois anos o laboratório de estudos in vitroda empresa.