Parque eólico na Bahia (Foto: Manu Dias/ GOV BA)

Parque eólico na Bahia (Foto: Manu Dias/ GOV BA)

As usinas formam o Complexo Eólico Geribatu, terão potência instalada de 258 megawatts e deverão entrar em operação no fim de 2014

Por Vinicius Neder, Estadão/Exame

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 603,9 milhões para a construção de dez parques eólicos da Eletrosul Centrais Elétricas S.A. no Rio Grande do Sul.

As usinas formam o Complexo Eólico Geribatu, terão potência instalada de 258 megawatts (suficiente para abastecer uma cidade de, aproximadamente, 500 mil habitantes, de acordo com o BNDES) e deverão entrar em operação no fim de 2014.

O apoio do banco corresponderá a 63,7% do investimento total, de R$ 956,5 milhões, dos quais R$ 200 milhões em financiamentos de forma indireta, com repasse do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

A equação financeira do financiamento incluirá também uma emissão de debêntures pela SVP Holding, controladora das dez sociedades de propósito específico (SPEs), no valor previsto de R$ 90 milhões.

O projeto, em construção em Santa Vitória do Palmar (RS), tem linha de transmissão associada. Segundo o BNDES, os recursos vêm da Linha Energias Alternativas de financiamento e serão destinados a SPEs controladas pela Eletrosul e pelo Fundo de Investimento em Participações Rio Bravo Energia I.

Os dez parques eólicos foram concedidos no 12.º Leilão de Energia Proveniente de Novos Empreendimentos de Geração, em agosto de 2011.