THIAGO ITACARAMBY/ECOPENSAR

O consumo de energia elétrica nos países em desenvolvimento, como o Brasil, cresce anualmente oito vezes mais que nos países ditos desenvolvidos. Esse aumento de consumo é devido à modernização das indústrias e ao aumento do poder aquisitivo da população brasileira, que está comprando mais bens de consumo e vivendo mais confortavelmente.

Para isso, elaboramos dicas práticas para economizar energia elétrica em sua residência ou escritório. São atitudes simples que aplicadas no dia-a-dia irão resultar em economia na sua conta de energia. Que tal fazer também a sua parte? Conheça algumas dicas super práticas para economizar energia elétrica.
*Utilize lâmpadas mais econômicas (aprenda diferenciar as lâmpadas);

*Use a luz natural, através de clarabóias, grandes aberturas, iluminação zenital, prateleiras de luz, etc. Coloque as mesas de trabalho e de leitura próximas às janelas;

*Pinte os ambientes de cor clara, especialmente os tetos, que refletem e espalham a luz pro todo o ambiente;

*Use fotocélulas nos ambientes externos, assim as luminárias só acendem à noite (como nos postes de iluminação pública);

*Nos corredores, escadas e outros locais de passagem, onde não há longa permanência de pessoas, instale temporizadores ou sensores de presença embutidos em lâmpadas;

*Utilize dimmers, que controlam a intensidade da luz (além de economizar, ainda pode criar um clima na casa!);

*Mantenha os lustres e globos transparentes bem limpos, assim não vai gastar energia à toa;

*Não deixe as luzes acesas em ambientes onde não tem ninguém;

*Compre equipamentos com o selo Procel de Economia de Energia, de preferência da Categoria A;

*Instale um sistema solar de aquecimento de água (veja nosso post sobre esse assunto);

*Mantenha limpos os filtros dos condicionadores de ar e evite deixar o aparelho ligado quando o ambiente estiver desocupado;

*Não instale fogão e geladeira lado a lado, pois um atrapalha o desempenho do outro;

*Não forre as prateleiras da geladeira, isso dificulta a passagem do ar, gastando mais energia;

*Evite usar equipamentos de alto consumo, como ferro de passar roupa e chuveiro elétrico, nos horários de pico;

*Para subir 1 ou 2 andares, evite o elevador, procure usar a escada, contribuindo também para sua saúde.

About The Author

Thiago Itacaramby é jornalista diplomado e especialista em Marketing. Possui experiências profissionais nos setores público e privado. Atua em órgãos não governamentais ligados ao meio ambiente e possui conhecimentos na elaboração de projetos. Estudante de Gestão Ambiental no Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

Related Posts